Torcendo pelo Mengão!

Torcendo pelo Mengão!
Milena, bisnetinha torcedora!!!

Seguidores todos

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

MINHA HOMENAGEM AOS MESTRES!

Queridos amigos

Não poderia esquecer o dia de hoje, quando comemoramos "O Dia do Mestre"!
Ao lado, a minha foto há muitos e muitos anos atrás, quando cursava o curso Normal do Instituto de Educação, no Rio de Janeiro. Foi na década de 60, por aí vocês podem imaginar o tempo que faz.
Muitos de vocês não eram nascidos e tudo era muito diferente dos atuais dias.
Eu me lembro muito bem que as mães tinham o maior desejo que suas filhas fossem professoras. Era o charme da época ser normalista. Aliás, era uma das poucas profissões que eram permitidas às mulheres. Assim elas teriam a oportunidade de estudar e depois ensinar. Não haveria nenhum problema em se casarem, pois iriam trabalhar a metade do dia e no restante do dia poderiam se dedicar às suas famílias, os homens concordavam.
Muitas normalistas eram vistas pelos rapazes como um ótimo futuro partido, pois ganhavam relativamente bem e seriam também do lar.
O que mais me chama a atenção quando recordo o passado é que para ingressar nas Escolas Normais do Estado (nessa época só existia o Instituto de Educação, na Tijuca e a Escola Normal Carmela Dutra, em Madureira) era necessário estudar muito, era preciso estar bem preparada, as provas eram todas eliminatórias e além de ser aprovada a aluna tinha que se classificar muito bem. Lembro que no ano em que prestei concurso eram 150 vagas para muito mais de 6.000 candidatas. Nós passávamos, por merecimento,  não havia cotas racistas e os professores saiam das escolas normais muito bem preparados para lecionar.
Quando comecei a fazer os estágios, vi que não tinha vocação para a carreira e não achava justo tirar o lugar de outra pessoa que fosse realmente se dedicar. No segundo ano (eram três anos) resolvi fazer um curso de secretariado, estudar datilografia (era moda) e Inglês.
Trabalhei como secretária até uma semana antes de casarmos.
Fico pensando o quanto poderia render se na época em que trabalhei já existissem computadores. Batia cartas, com várias cópias e errar era proibido, senão ... mas aí é outra história.
O meu desejo é homenagear aqueles mestres que merecem todo nosso respeito e admiração. Hoje é muito mais difícil exercer essa profissão, por vários motivos, vocês sabem...
Deus abençoe e proteja a todos os mestres!

Boa Noite a todos e um abraço fraterno!

11 comentários:

  1. Legal, Zilda!!! verdade, ser normalista era o maximo!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Hi, Carlos
    Muito obrigado pelo seu comentário.
    Um abração!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá Zilda!!! Lindo post. Lembrei dos meus tempos de Instituto e de Sara Kubitscheck (onde concluí o curso normal porque meu pai foi transferido para Campo Grande). Verdade pura o que você diz. As normalistas(hoje é o dia delas, também) eram cobiçadas . Pelos "meninos" da Marinha Mercante, então...rsrs
    Um beijo pra você e meus parabéns pelo Dia do Mestre. Vc lembra daquela lanchonete em frente ao Instituto? Tenho histórias ali...rs
    O que não podemos comemorar são os salários, não é?

    ResponderExcluir
  4. ZildaeANTONIO

    A BELEZA DE UMA MATÉRIA, a junção de foto e texto, com sensibilidade.

    Muito bacana, emociona ver essa foto e as lembranças que esse tempo nos trazem.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lau
    Parabéns a vc pelo dia que representa muito para os professores, mas como vc bem diz não são devidamente valorizados!
    Você se lembra da Gerbô? Eu adorava aqueles doces e as tortas, cada uma ...
    Bons tempos!
    Muito obrigada pela visita!
    Um abraço fraterno e boa noite!

    ResponderExcluir
  6. Amigo 007BONDeblog
    Muito obrigada pelo seu carinho. Esses tempos foram muito bons e nos trazem muitas recordações e saudades.
    Um abraço e Deus o proteja!

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Querida amiga, eu estudei na E.N. Carmela Dutra, em Madureira, bons tempos aqueles. Minha filha é professora, estudou, como a Lau no I.E. Sara Kubitscheck, mas não se compara aquele tempo.
    Parabenizo você pelo Dia do Professor!
    Olha, me deu vontade de criar um blog com o nome de "Tunel do tempo", para relembrarmos nossa juventude, foi só você falar na Gerbô...Rs rs rs
    O que você acha?
    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Que bacana, Zilda! Tanto a sua bela homenagem aos educadores, quanto a sua trajetória estudantil. A sua atitude foi muito lúcida, honesta e nobre. Parabéns!
    Desejo-lhe um iluminado final de semana. Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  10. Amiga Dora Regina
    Meus sinceros parabéns para vc e sua filha, como dou a todos os professores do Brasil.
    Quanto ao Túnel do Tempo" seria uma boa iniciativa, recordar é viver, sem deixar de planejar e olhar para o futuro.
    Muito obrigada e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  11. Amigo Dalton França
    Você merece toda a nossa homenagem pela sua dedicação e por ser um excelente profissional que é. Meus parabéns! O problema maior do país, na minha opinião, é a falta de coragem de fazer a opção certa.
    Muito obrigada pela sua visita, ela nos deixa muito felizes!
    Um abraço e tudo de bom!

    ResponderExcluir

Queridos amigos: agradeço a sua atenção em comentar os meus Posts. É com muito prazer que recebo o seu comentário, que é muito importante para mim. Abraços!!!